Mais uma experiência… Que tal contos curtos, bem curtos, mas que te excitem a imaginação?

Convide-me é o primeiro deles:

Na porta

CONVIDE-ME

Ela zapeava os canais da TV a cabo buscando algo na programação noturna quando o marido avisou:

-Vou lá fora levar o lixo e já volto. – Abriu a porta e saiu com duas sacolas de mercado reaproveitadas como sacos de lixo diário, trancando-a atrás de si.

Minutos depois a campainha toca.

-Pode abrir a porta prá mim? – diz o marido.

-Ué!… Não levou sua chave? – retrucou ela, livrando-se insatisfeita dos cobertores que a protegiam do frio para abrir a porta.

-Acho que a perdi… – ele respondeu. E ficou parado em frente à porta aberta, olhando para ela.

-Ora… Entre logo que está muito frio aí fora! – ela disse sem entender o que ele fazia ali parado.

-Tudo que eu precisava era de um convite! – E saltou sobre a jugular da esposa surpresa.

 

 

 

Anúncios